Categorias: Li, assisti & joguei

Já ganharam o Oscar do meu coração <3

Pela primeira vez, eu e o boy magya conseguimos (praticamente) zerar os filmes do Oscar, antes da premiação, das categorias que mais me interessam. Assistimos tudinho, numa maratona louca nos últimos finais de semana e, eis aqui os meus favoritos (em ordem aleatória):

oscar-2016-1

Brooklyn

_sinopse: conta a história de uma jovem imigrante irlandesa, Eilis, que vai para o Brooklyn, em Nova York, nos anos 1950. ela se esforça para construir e se adaptar à uma nova vida. seu coração acaba dividido entre os dois países e entre dois romances.
_o que eu achei: um filme delicado que, ao mesmo tempo, dá aquele nó na garganta. a gente sente a tristeza da personagem, a dificuldade dela em desapegar de seu país de origem e se entregar à sua nova realidade. comecei a assistir sem muitas expectativas e terminei o filme com um sorriso no rosto e um coração aliviado. :)

oscar-2016-brooklyn

O Quarto de Jack

_sinopse: Joy e seu filho Jack vivem isolados em um quarto. o único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick, que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, enganam Nick para retornar à realidade.
_o que eu achei: primeiramente, que atuação maravilhosa é essa do Jacob Tremblay, o Jack? segundo, é um filme incrível, “real”. a gente vai assistindo e ficando curioso em acompanhar a rotina da mãe e do filho, o universo lúdico e limitado de Jack, toda a tensão e desgaste emocional da mãe. é tudo muito lindo e ao mesmo tempo inquietante. a segunda “parte” do filme achei um pouco lenta, mas depois que parei pra pensar com carinho, percebi que o filme nos mostrou a “realidade”, que o processo de readaptação ao mundo real envolvem traumas, dificuldades e exige tempo e paciência. pra mim, esse filme merece levar pelo menos uma estatueta porque é incrível, já falei isso né?

oscar-2016-room

O Regresso

_sinopse: ambientado no século 19, o filme acompanha o guarda de fronteira Hugh Glass, que liderava uma missão ao longo do rio Missouri, quando foi atacado por um urso. à beira da morte, ele é abandonado na floresta por seus companheiros, sobrevive e parte em busca de vingança.
_o que eu achei: pra começo de conversa, deixa eu registrar aqui a hashtag: #UnidosPorLeo :) o filme me lembrou bastante algo “místico”, tipo uma lenda indígena, essas histórias que misturam heroismo com um toque de romantismo, e isso deixou a história ainda mais bonita e surreal. a atuação de Leo Di Caprio é impressionante, a gente se convence de que ele realmente está passando aqueles perrengues todos e compra sua sede de vigança. o finalzinho do filme me desapontou um tiquinho, mas nada que estrague a grandeza da obra.

oscar-2016-revenant

Spotlight

_sinopse: a trama conta a história de como repórteres do jornal The Boston Globe descobriram o enorme escândalo de abuso infantil envolvendo a Igreja Católica e como eles se infiltraram na Arquidiocese local.
_o que eu achei: demorei um pouquinho para entrar no clima do filme, mas assim que a “investigação” começou de fato, não pisquei mais, praticamente, não respirei mais. você termina o filme aplaudindo a ousadia do jornalismo investigativo e se contorcendo com a crueldade camuflada dentro de um sistema que deveria somente difundir o bem.

oscar-2016-spotlight

Sicario

_sinopse: uma jovem agente do FBI se junta a uma operação secreta da CIA para derrubar o chefão do cartel de drogas no México.
_o que eu achei: o filme me lembrou um pouco a atmosfera de True Detective, ou seja, um filme intenso, com uma fotografia linda. como não sou muito boa com palavras, peguei um trechinho da crítica do Omelete, que descreve perfeitamente esse filme e tenho certeza que vai te convencer a assistir: “a personagem trafega de cabeça erguida por um mundo tão opressivo quando agressivo e imoral. ao mostrar a agente vendo ruir suas certezas sobre si e o mundo, enquanto desesperadamente agarra-se aos seus ideais, Sicario torna-se um dos mais intensos filmes já feitos sobre o narcotráfico.”

oscar-2016-sicario

A Garota Dinamarquesa

_sinopse: a história do pintor dinamarquês Einar Wegener que, em 1931, foi uma das primeiras pessoas a se submeter a uma cirurgia de mudança de sexo, tornando-se uma mulher e passando a se chamar Lili Elbe. o filme foca no relacionamento amoroso com Gerda e sua descoberta como mulher.
_o que eu achei: talvez eu esperasse mais desse filme ou da atuação do Eddie Redmayne, não sei, mas ele não me cativou o quanto deveria. mesmo assim achei a história bastante curiosa e comovente, além disso, acho super válido termos essa temática “acessível” ao grande público. é difícil imaginar o sofrimento e angústia vividos por Einar numa época tão conservadora e cheia de tabus (hoje em dia ainda não é fácil, imagine naquela época né). pra mim, a atuação de Alicia Vikander (que faz o papel de Gerda, a esposa de Einar) é bem muito convincente e merece, com certeza, a estatueta de melhor atriz coadjuvante.

oscar-2016-danish-girl

Amy

_sinopse: documentário sobre a cantora e compositora Amy Winehouse.
_o que eu achei: confesso que conhecia (e ainda conheço) muito pouco da carreira e discografia de Amy, mas o documentário me mostrou uma pessoa completamente diferente do que eu tinha em mente. é triste e revoltante perceber a fragilidade de uma mulher sem base emocional para lidar com a fama (e com todas as consequências que ela traz) e contaminada por um relacionamento extremamente tóxico (em todos os sentidos). o documentário relaciona as letras das músicas em paralelo aos acontecimentos da vida de Amy, o que deixa suas canções ainda mais profundas e, de certa forma, ainda mais bonitas.

oscar-2016-amy

Mad Max e Os 8 odiados também estão no meu coração, mas não listei aqui por motivos de:
1. Assisti Mad Max há tanto tempo que não consegui me lembrar dos detalhes; anyway, acho que todo mundo já assistiu né?!
2. Se eu incluísse Os 8 odiados na lista, a lista ficaria com 8 filmes e eu não gosto de número par.

Quero muito assistir Mustang (que está indicado para “melhor filme estrangeiro”). Também pretendo assistir ainda hoje, Joy (com a Jennifer Lawrence para “melhor atriz) que deixei por último porque tenho um pouco de preguiça dela, mas vou assistir mesmo assim porque tenho TOC e preciso zerar a lista do Oscar, né mores.

Também indico o freebie da Cambaleando, que usarei no bolão de amanhã que, a propósito, irei vencer! :) E aí? Quais são as suas apostas?

as sinopses foram retiradas (e algumas adaptadas) dos sites Omelete e AdoroCinema ;)

12 comentários

Let's talk!

  1. Gostei muito das suas escolhas! Ameei O Regresso e Spotlight! E concordo com você, também achei que A Garota Dinamarquesa deixou um pouco a desejar, por mais que seja um filme interessante.. Fiquei curiosa, você assistiu A Grande Aposta? Foi um dos que eu mais gostei desses filmes do Oscar

    Beijo!

    1. Oi Mariana!
      Nossa, achei O Regresso maravilhoso, um filme muito bonito, tudo que falei ali no post hahah Mas, me diga, o que você achou do final? (se quiser, me mande um email ou envie por direct no twitter, instagram ou facebook, pra não dar spoiler aqui nos comentários hahah)
      Spotlight é um dos meus preferidos (dentre os da lista haha) por ter diálogos densos, mas na medida certa. Dava pra sentir a tensão e estresse dos jornalistas, ao mesmo tempo que tinha aquela euforia/expectativa por estarem chegando perto da verdade e desmascararem um sistema. Achei excelente mesmo!
      Eu assisti A Grande Aposta, mas até agora não cheguei à conclusão se gostei ou não ahhaah Achei o filme “difícil” demais, saí do cinema com dor de cabeça de tanto pensar, de tanto me esforçar para conseguir acompanhar a trama. Eu achei um filme bom, diferente, ousado, mas não o melhor da lista de indicados. ;)
      Beijo!

  2. Livia comentou:

    O quarto de Jack com certeza merece uma estatueta e, como você falou, o queee foi a atuação do Jack?! Sensacional.
    Gostei muito de Spotlight e de A garota dinamarquesa, e achei a atuação do Eddie Redmayne ótima, principalmente porque deve ser um papel dificílimo de trabalhar. O papel da Alicia Vikander como Gerda também é incrível. Não sei… Eu achei o filme delicado e intenso na medida certa.
    Outro que eu gostei bastante foi Steve Jobs, sobretudo porque mostrou um lado diferente dele, mais raw e menos glorificado/idealizado, sabe?
    O Regresso achei um filme muito bom, mas não é meu tipo de gênero e não achei a história muito verossímil. O que mais me encantou no filme são os cenários ma-ra-vi-lho-sos. E, como metade do mundo, quero muito que o Leo finalmente ganhe um Oscar, apesar de não achar que esse foi o melhor filme dele. Mas como já passou da hora, que seja agora mesmo! hahaha

    1. o jack é um lindo, muito bonitinho ele lá no Oscar! <3
      assisti Steve Jobs também, mas achei eles exageraram na dose, podiam ter colocado um tiquinho de carisma. mas talvez ele fosse bem daquele jeito mesmo (não tivesse quase nada de carisma), na vida real, vai saber né.
      exatamente, o Regresso tem uma "aura" de lenda, de história fantasiosa, mas eu gostei bastante! tinha gostado mais da atuação do leonardo em O Lobo de Wall Street, mas esse personagem (Hugh) também tem seu mérito! :)

  3. Jamile comentou:

    Também fiquei desapontadíssima com o final de “O Regresso”, mas fazer o que, hahaha.
    Jacob Trembley merecia uma indicação ao Oscar. Foi indicado em tudo e chega na premiação mais “importante” e nada :/
    Eu assisti “A Grande Aposta” e meu deus, boiei legal no filme, não entendi nada e simplesmente odiei com todas as forças do universo.
    Gostei bastante de “A Garota Dinamarquesa”, mas eu não via a hora do filme acabar, porque me pareceu muito arrastado, assim como “Spotilight”. Dois que eu gostei, mas não consegui entrar no clima.
    Ainda não assisti “Brooklyn” ou “Sicário”, mas ambos estão na minha listinha para assistir antes da premiação.
    Sobre “Mad Max” a única coisa além de melhor filme que eu já vi é meu desapontamento pela Charlize não ter recebido indicação em premiação alguma só porque o pessoal achou que ela roubou todo o protagonismo que segundo eles deveria ser do Tom Hardy.

    1. hahaha A Grande Aposta também achei super difícil de acompanhar! saí com a cabeça rodando de tanto queimar neurônios no cinema, hahah
      também estranhei a charlize não ter recebido uma indicação, a personagem foi incrível no filme, merecia! e ela ter roubado o protagonismo só confirma isso!

  4. Só não gostei muito de A Garota Dinamarquesa, mas acho que porque não curto muito Redmayne. Os outros também achei lindos. <3 Jacob Tremblay está maravilhoso e até agora não entendo o porquê de não ter sido indicado. :( Também estão entre os meus queridinhos A Grande Aposta, Divertida Mente, Anomalisa e Ex_Machina.

    1. So gostei do Redmayne em A Teoria de Tudo, nos outros filmes achei bem mais ou menos e também não entendi todo o alvoroço. hahah A temática do filme (A Garota Dinamarquesa) é incrível, mas a atuação não me convenceu. :/
      Queria ter assistido Anomalisa, deve ser incrível, é o único da sua lista que ainda não vi.
      beijo!!

  5. Chell comentou:

    Pelo primeiro ano eu tô desanimada em ver os filmes do Oscar e to por fora de muitos. Eu adorei muito Joy, mas quero muito vero do Léo e esse Room :) parecem ser ótimos.

    1. Ainda não consegui assistir Joy! :/
      Room e O Regresso são maravilhosos, assista sim que você vai gostar!

  6. tô tão atrasada nesse fuzuê todo de oscar que nem os filmes eu assisti HAHAHAHA só assisti mad max mesmo e tô louca pra assistir esses outros :)

    1. mad max revolucionou né, achei super merecido todos os prêmios que ganhou, mas fiquei chateada do george miller não ter ganho como melhor diretor. :S
      assista sim os outros que indiquei no post, valem super a pena! ;)