Categorias: Viagens

Celebration, Winter Park, Orlando Eye, West Palm Beach

Como prometido, vim aqui mostrar pra você as fotos-da-viagem-ficaram-otimas.exe. Pega seu cafezinho (ou chazinho) e senta aí que o post é longo! :)

Algumas impressões sobre alguns dos lugares por onde passei:

Celebration

É uma área nos arredores de Orlando, que algum dia já pertenceu à Disney e manteve a proposta inicial de ser um modelo de cidade “perfeita”. Ganhou fácil um lugarzinho no meu coração. Fomos lá no último dia de Orlando e foi uma escolha muito feliz.

celebration-florida-1
celebration-florida-2
celebration-florida-3
celebration-florida-4
celebration-florida-5
celebration-florida-6

Queríamos sossego, depois dos dias agitados e cansativos dos parques, e o que encontramos lá foi um lugarzinho super tranquilo, mega arborizado, cheio de casas bonitas e pessoas gentis. Me enveredar pelas ruas residenciais foi a parte mais incrível, quase toda rua era cortada por uma praça, sempre bonita e bem cuidada. Enquanto caminhava deslumbrada pelas ruazinhas pacatas, eu me questionava se esse lugar era real, se pessoas reais moravam lá.

celebration-florida-7
celebration-florida-8
celebration-florida-9
celebration-florida-10

Muitas casas estavam decoradas para o Halloween e muitas de maneira criativa, engraçada e inusitada, foi legal notar que o bom humor prevalece. Queria ter fotografado mais dessas decorações, mas a verdade é que o lugar era tão correto, que eu ficava intimidada achando que estava infringindo alguma coisa só de apontar a câmera para alguma porta ou jardim da casa. Um lugar tão certinho que a gente fica com receio de estar sendo intrometida ou desrespeitosa, sei lá né.

celebration-florida-13
celebration-florida-14

Foi lá que comi o prato com o visual mais diferentão da viagem, um bolo de carne que era quase uma obra de arte pós-moderna. Na verdade, se eu soubesse que o prato era assim, provavelmente não teria arriscado, hahah. O namorado ficou no básico Fish & Chips que não tinha erro, né? O garçom tinha voz de locutor com um sotaque americano meio diferente (não sei de qual lugar ele era, mas me senti num filme haha). A foto abaixo é minha preferida, talvez da viagem toda, talvez.

celebration-florida-12
celebration-florida-11

Winter Park

Mais uma cidadezinha nos arredores de Orlando, que tem uma vibe toda cool, meio hipster, meio inglesa, meio do jeitinho que eu gosto. Foi quase como amenizar um tiquinho da saudade que tenho de Boston. Fomos num sábado ensolarado, a cidade estava bem mais cheia e movimentada do que eu gostaria.

winter-park-florida-4

Chegando lá, segui a indicação de um blog que já não me lembro mais o nome e almoçamos num restaurante charmosíssimo e descolado chamado Prato. Olha as fotos aqui embaixo e me diz se não é um restaurante que saiu do Tumblr/Pinterest? Foi lá que eu pedi a meia porção mais miserê da vida. Tudo naquele país é farto e exagerado, como é que eu ia imaginar que na meia porção viriam apenas 4 raviólis, de tamanho pequeno, é bom frisar. Mal o garçom trouxe os pratos, pedimos uma pizza, demos risada e ficou tudo bem. Uma pena eu não ter fotografado a comida que era tão fotogênica (e deliciosa!) quanto a decoração do restaurante, mas a fome era grande, você entende né.

winter-park-florida-1
winter-park-florida-2
winter-park-florida-3

I-Drive 360/Orlando Eye

O I-Drive 360 é tipo um shoppingzinho a céu aberto, com várias opções de restaurantes que fica junto ao Coca-Cola Orlando Eye. Ficava bem pertinho do hotel, então fomos duas vezes, uma para almoçar e outra para jantar. Dito isso, já dá para entender por que eu só fotografei comida e esqueci de fotografar o local, prioridades. No almoço, não resistimos ao Shake Shack, que pra mim continua sendo o melhor e mais maravilhoso hambúrguer de “fast food”. No jantar, escolhemos o Buffalo Wild Wings, tipo um sport bar que serve várias opções de petiscos (que eu achei um tanto quanto apimentado).

orlando-florida-2
orlando-florida-3
orlando-florida-4
orlando-florida-5
orlando-florida-6

Pra não dizer que não fotografei nada do Orlando Eye, segue minha tentativa meia-boca de fotografar decentemente a roda gigante:

orlando-florida-1

E um registro da estampa mais fofínea que você já viu: lontríneas de mãozíneas dadas .
(tinha pra vender no gift shop do Skeletons: Animals Unveiled, uma loja cheia de coisinhas e cacarecos relacionados à arqueologia, geologia e biologia)

orlando-florida-7

West Palm Beach

West Palm Beach (a parte continental de Palm Beach) fica uns 50 minutos da casa da minha irmã (bem mais perto que Orlando, que fica umas 2 horas), por isso pudemos ir várias vezes para lá, o que deu para conhecer vários pedacinhos. A cidade inteira é bonita, tem um visual mais urbano sem perder o charme da praia. Aliás, você pode ver algumas imagens do mar de Palm Beach aqui.

Um dos lugares que mais gostei foi o Downtown at the Gardens, mais um shoppingzinho a céu aberto, onde comi a massa mais gostosa da minha vida, juro. O nome do paraíso é Yard House e o prato foi o Penne with Chicken. Eu sei, o nome de prato mais humilde e objetivo que já vi, porém MARAVILHOSO, confia em mim.

Também gostei muito do City Place, um shoppingzão a céu aberto e de andar na Clematis St. Dois lugares que valem a visita, apesar de eu não ter fotografado por motivos de preguiça.

west-palm-beach-1
west-palm-beach-2
west-palm-beach-3

Para você que chegou até aqui…

…mais algumas curiosidades aleatórias :)

1. Meu nome não é uma coisa fácil de se falar/entender, já é difícil aqui no Brasil, imagine para outros idiomas e pronúncias. Na viagem passada (Boston e NYC), eu inventava um nome diferente a cada Starbucks, um dia eu era Lucy, no outro Mary, no outro Audrey. Porém, eu ficava um pouco incomodada de ficar inventando nomes, sabe. Daí que pouco antes da viagem, assistindo um vídeo do Casey Neistat, reparei no 1’17” que o nome da filhinha dele era Francine (ou “fréincini” haha). E olha só uma coisa que você não sabe: meu segundo nome é “Francine”, que eu nunca usei pra nada, um nome que era completamente inútil, eis que agora virou meu nome “americano” oficial. Fiz o teste e em 100% das vezes o atendente compreendeu meu nome e escreveu certinho. Obrigada, Casey, pela graça alcançada.

2. A música que mais tocou nessa viagem foi Cheap Thrills, da Sia. Verdade, essa música tocava umas quinhentas mil vezes por dia. Já era uma música que eu gostava, agora ganhou um significado e eu a amo ainda mais, estou emocionada. Tá aí uma foto para confirmar (às vezes, eu lembro de registrar coisas importantes, viu só):

orlando-florida-8

3. Algumas pequenas constatações: carro automático é vida; câmera mirrorless é vida. É sim e vamos parar de bobeira. ;)

orlando-florida-9

Semana que vem, publico a segunda parte da viagem, com fotos do Magic Kingdom e Universal Studios. Promete que vem ver? ;)

Deixe seu comentário

Let's talk!

34 comentários

Let's talk!

  1. Gabi comentou:

    Oi Adri
    Que rua linda em Celebration, na primeira foto! Amo esse azul ~~fuckiring awesomering! hahaha Queria tanto que aqui no Brasil as pessoas cuidassem mais das cidades, acredito que andar por um lugar bonito melhoraria tanto aqueles dias meio estranhos que temos às vezes, sabe? </3

    Seu bolo de carne era gigante mesmo ou foi a impressão da foto? :O haha
    As fotos estão todas lindas, gostei demais em especial da primeira, em Celebration, da do letreiro Shack Shack e a do copo em Yard House (adorei tanto as cores).

    Qual modelo dessa mirrorless que você usou? Queria tanto uma! Mesmo sendo meio carinhas, prefiro elas ao invés de uma DSLR trambolhinho.

    P.s.: Francine, hein? Quem imaginaria hahaha
    Estarei aqui semana que vem, bj bj

    1. Gabi comentou:

      OPS, SHAKE Shack** hahaha

    2. Siiim, Gabi! Eu olhava aquelas pracinhas lá em Celebration, tudo tão bem cuidado, tudo tão limpinho, que dava até uma coisa boa no peito! hahah Aqui é sempre aquela coisa, se alguém investe para deixar algum lugar público mais bonitinho, dá duas semanas e já tem coisa que sumiu, depredação, lixo no chão. Poxa! :/
      O prato era grande sim, mas não era gigante! Era mais ou menos do tamanho desses hamburgueres “gourmet” sabe, que são grandes, mas dá para comer. hahaha
      Ai, eu também adorei essa foto da fachada do Shake Shack! <3
      Eu tenho a Canon EOS M3, achei que a qualidade é a mesma (ou até melhor) que essas T5i da vida. Eu queria uma câmera menor que tivesse qualidade, mas que fosse mais fácil e prática de levar comigo nos lugares. Eu praticamente nunca saí com a outra Canon que tenho porque sempre ficava com preguiça de carregar o trambolho. hahah
      Beijo!

      1. Patricia comentou:

        Você comprou a câmera lá ou no Brasil? Tava querendo trocar a minha que já tá bem cansada. Tenho uma T1i que já vai fazer 7 anos, mas tava pensando numa câmera menor, desde que mantivesse a qualidade.

        1. Comprei lá mesmo! Na verdade, comprei pela internet na B&H antes de viajar e coloquei para entregarem na casa da minha irmã, achei mais prático. :) Eu tinha a T2i, ainda tava ótima, só troquei porque queria reduzir o tamanho. Dá uma pesquisada nas mirrorless, acho que é uma boa opção pra você! :)

  2. Nath comentou:

    Oi Adri!
    Gostei muito do post. Adoro ver fotos de viagem e me trouxe uma coisinha boa ver tantos lugares bonitos e legais <3 Eu gosto bastante de viajar pelos EUA, mesmo que só tenha ido uma vez hehe Eu também tive que usar meu segundo nome por lá – Amanda – pq ninguém conseguia pronunciar Natália direito!
    Amo o seu blog, você é uma das minhas blogueiras favoritas e me inspira muuuuuito <3

    Beijos!

    1. Oi Nath!
      Fiquei feliz em saber que o post te trouxe sensações boas! :) Viajar é muito bom né e os EUA é um país incrível, tem muita coisa bonita pra ver lá! Algum dia ainda quero conhecer a Califórnia, você já foi pra lá?
      Obrigada pelo carinho! <3
      Beijo!

  3. Mas com assim? Cadê o bolo de carne no meio dessa obra de arte?! haha É lindo, mas fiquei babando aqui haha

    Achei essa cidadezinha Celebration muito linda! Parece set de filmagens de tão perfeito! Será que qualquer um pode entrar?! rs Quero muito ir!!!

    Nossa Adri suas fotos ficaram maravilhosas! Ansiosíssima pra ver a continuação!

    1. hahaha precisava ver minha cara quando o garçom apareceu com esse prato! fiquei chocada! hahah
      siimm, Celebration parece cenário mesmo, é tudo tão limpinho, organizadinho e bonitinho que nem parece que é um lugar de verdade! se algum dia for para Orlando, não deixe de conhecer essa “cidadezinha”! :)
      obrigada, Claudia!! <3

  4. Adna Maelly comentou:

    Olá!
    Me chamo Adna Maelly, e em relação ao segundo nome, tenho algo a dizer:
    Os familiares e amigos mais próximos (exceto 1) sempre me chamaram de Maelly, e eu até pouco tempo não tinha preferência por um dos meus nomes… até que um dia me perguntaram qual dos dois eu mais gostava?! Depois de um bom tempo percebi que Maelly era o meu preferido! Acho que pelo simples fato de lembrar da minha família!

    1. Eu nunca entendi muito bem a utilidade do segundo nome, mas agora percebo que é bom ter uma “carta na manga” ou poder escolher/usar o que mais gosta! hahaha <3

  5. Já sou apaixonada e sonho em conhecer Orlando, agora, após ler esse post fofíneo, minha vontade aumentou tanto!
    Já anotei na minha agenda o nome de todos os lugares que falou, assim quando for para lá sigo suas dicas!
    Achei a Celebration maravilhosa, uma cidadezinha bem sonho, moraria num lugar como aquele sem problema algum!
    Louca para experimentar o lanche do Shake Shake e é impressão minha ou o bolo de carne era enorme??
    Amei o post!

    Beijoos ♥

    1. Vou ficar torcendo aqui para que você possa realizar seu sonho o quanto antes!! <3
      Shake Shack é maravilhoso, a decoração do local é linda, com precinho super acessível. Você vai amar!
      O bolo de carne era grandinho sim, hahahah
      Beijo!

    1. Lugares tão lindos e tão incríveis que foi até difícil de explicar no post! hahah ;)

  6. Carol comentou:

    Quanta lindeza! Eu fiquei apaixonada pelas casas decoradas para o Halloween. Eu gosto tanto dessa cultura por lá. Eu fiquei com muita vontade de conhecer Orlando, é tão bom ver coisas diferentes, pessoas diferentes, renova a alma!

    1. Essa coisa do Halloween é realmente muito forte por lá né? Todo mundo participa, todo mundo entra na onda. É muito legal ver esse senso de comunidade! <3

  7. boquiaberta com todas essas fotos (que lugares maravilhoso!) e caramba, que fome HAHAHAHAHAHA

  8. ah, tô cogitando investir numa câmera futuramente mas queria algo mais leve HAHAHA qual é a que tu usa? me dá umas dica miga, pfvr HAHAHA ♥

  9. Estou encantada pelas suas fotos, principalmente pelas de comida (sou suspeita). Aliás, muito obrigada pelo marcador de página e pelo banner, já recebi e foi impecável. <3

    1. Obrigada, Thaynara! ;)
      E que ótimo saber que recebeu as lembrancinhas, foi enviado de coração!
      Beijo!

  10. Ai, que delícia viajar contigo! :) Pelo menos dá um gostinho (já que não devo conseguir ir aos EUA tão cedo).
    Se eu venho ver o post dos parques??? Sim ou com certeza???

    1. obrigada, Talita! você é uma querida, viu! :)

  11. Adri!! Que delícia a sua viagem! Eu já fui pra Orlando mas fiz um percurso super “guia de viagem”, visitando só parques e shoppings :( acho que você aproveitou muito mais!!
    E acho que te perguntam isso um kilo de vezes, mas qual a sua câmera? procurei no sobre mas não achei nada. To perguntando porque nessa foto de espelho ela parece uma compacta e to querendo comprar uma!
    Muuuito obrigada! Acompanho o blog faz um tempinho já, acho que nunca comentei antes hahaah my bad :)

    1. então, ana, acho que eu pude conhecer mais lugares fora da rota tradicional de turismo porque não fiquei exatamente em Orlando. fiquei numa cidade pequenininha e mais central da Florida e pegamos um carro alugado para ficar explorando a região. mas são lugares que valem super a pena, se você tiver outra oportunidade não deixe de visitar outras cidades, cada uma tem seu charme! ;)
      a câmera que usei nessa viagem é uma mirrorless da Canon (EOS M3), ela é tipo uma T6i, só que possui esse tamanho mais compacto porque não possui aqueles espelhos internos. levei um tempinho para acostumar com o tamanho e com o fato de não ter o viewfinder, mas é uma excelente câmera. ;)
      fique a vontade para vir aqui comentar, tá? vou adorar te ver mais vezes por aqui!

  12. Oi Adri (:

    Que surpresa boa ver posts sobre Orlando, estou planejando minha viagem pra lá agora em janeiro/2017 e estou praticamente só vendo videos disso no youtube rs também conheci o Vai pra Disney e tô adorando as dicas que eles dão, outro canal muito legal que acabei descobrindo é o Malucas e Piradas (o nome é engraçado, mas juro que tem um conteúdo legal rs). Adorei suas dicas também, e já quero visitar a Celebration, nunca fui pra Orlando, foi sua primeira vez também?

    Vi no seu outro post que você se hospedou em um dos hoteis da disney, você não pensou em alugar casa? Eu estou vendo hospedagem lá e muita gente indica esse tipo de serviço, queria saber sua opinião (: e sobre o hotel também, dei uma brochada qnd falou do atendimento na praça de alimentação )=

    Claramente preciso comentar das suas fotos que MEU DEUS DO CEEEEU, tão maravilhosas! Eu sou uma n00b em fotografia mas tive que investir em uma camera por causa do blog, e estava lendo aqui os comentários que você explicou da mirrorless (alo alo nem sabia que isso existia/que chamava isso) e que foi essa que você usou lá em Orlando né, a minha é uma canon t5i e já tava preocupada em como levar ela pros parques, a sua é mil vezes mais compacta. Vc tem alguma dica pra esse tipo de camera que é um trambolhão? Acha melhor nem arriscar levar pros parques?

    Ai e já quero mais posts sobre Orlando, dá mais dicaaaas por favorzineo <3 tô caçando tudo quanto é informação sobre lá. Super beijo!

    1. Oi Patricia!
      Antes da viagem, eu também assisti os vídeos do Malucas e Piradas! Como íamos alugar um carro, foram bem úteis as dicas que eles deram sobre esse assunto. ;)
      Então, eu fiquei em hotel em Orlando pois só fui pra lá para ir nos parques… Na verdade, a maior parte da viagem eu fiquei na casa da minha irmã que mora numa cidade que fica umas 2 horas de Orlando. Mas, olha, acho que vale a pena sim ficar nos hotéis da Disney pela praticidade. Os hotéis fornecem ônibus gratuito para os hóspedes para levar/trazer dos parques, o sisteminha deles é bem eficiente e pontual. Sobre a alimentação do hotel, como eu fiquei no hotel mais simples e barato, achei mesmo que deixou a desejar. Mas, você pode se alimentar dentro dos próprios parques ou em restaurantes que ficam em outros hotéis da Disney. E mesmo se você for fazer uma ou outra refeição no hotel, não é nada absurdo de ruim, dá pra relevar! ;)
      É tranquilo levar câmera nos parques, o único problema de levar câmera grande é o peso. Nesses dias de parque, a gente anda bastante e fica morto no final do dia, por isso que ainda ficar carregando uma mochila pesadinha, pode incomodar depois de um tempo. Mas tem gente que não se importa com isso né…. acho que vai de cada um! haha
      Se quiser mais alguma “dica”, é só me falar! :D
      Beijo!! Boa viagem!

  13. Eu amei esse post completão, sim ou claro? <3 Muito amor!! Fotos lindas, descrições maravilhosas! Nunca tive o sonho de conhecer a Disney mas depois de ler seu texto estou começando a cogitar a ideia. Abraços Adri!

    1. Pois é, Natalia! Eu quase que nem fui nos parques porque achava que não era tudo isso que falavam… ainda bem que mudei de ideia um pouco antes! É o tipo de lugar que a gente tem que ir pelo menos uma vez na vida, um lugar único!! :)

  14. Mônica comentou:

    Esse post me deixou triste porque eu tenho gastrite e não posso comer nenhuma dessas coisas gostosas :( #brinks
    Aquela foto da noz na tua mão me lembrou logo Ice Age, hahaha :)
    Que viagem dos sonhos! Fiquei com vontade não só de conhecer, mas de morar nessa Celebration aí… perfeição!